Forense

Já existiram várias tendências causais na criminologia. Se fosse baseada em Rousseau, a criminologia deveria procurar a causa do delito na sociedade, baseada em Lombroso, para erradicar o delito deveríamos antes, encontrar a eventual causa no próprio delinquente e não no meio. Isoladamente, tanto as tendências eminentemente sociológicas, quanto as psicológicas e as orgânicas fracassaram. Hoje em dia fala-se no elemento biopsicosocial.

A origem da palavra Criminologia costuma ser atribuída ao italiano Raffaele Garofalo (1851-1934), o qual usou-a como título de sua principal obra. O vocábulo substitui Sociologia Criminal ou Antropologia Criminal.